Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

quinta-feira, 31 de março de 2016

Hospital do Jardim Esperança está sob nova administração


O cargo foi ocupado pela subsecretária Municipal de Saúde Alexandra Codeço

O Hospital Otime Cardoso dos Santos, no Jardim Esperança, está sob nova direção com o intuito de melhorar o atendimento à população. O cargo foi ocupado pela subsecretária Municipal de Saúde Alexandra Codeço. Desde ontem ela percorre todas as enfermarias, ouvindo pacientes e acompanhantes, além da equipe médica e de enfermagem que atuam na unidade hospitalar.

Já nesta quarta-feira (30) foram iniciadas obras emergenciais, como troca de lâmpadas e manutenção na rede elétrica. O laboratório que estava fechado já voltou a funcionar. O atendimento na emergência foi retomado com 50% do quadro de médicos contratados. Segundo Alexandra Codeço, por causa de problemas estruturais, alguns profissionais pediram demissão, o que prejudicou o atendimento na emergência.

"Já estamos escolhendo o novo diretor médico para a unidade de saúde e contratando pediatras para completar o quadro funcional e voltar com 100% do atendimento o mais rápido possível", explicou.

A nova diretora também está fazendo um levantamento dos medicamentos, que por acaso, possam estar faltando para que a situação seja normalizada.

O Hospital do Jardim Esperança conta hoje com 8 enfermarias e 33 leitos, sendo 1 para isolamento. No setor ambulatorial são 5 consultórios. Por dia, somando o atendimento da emergência (adulto = 400/dia), (pediatria = 200/dia) e (ambulatório = entre 350 a 380/dia), o hospital chega a realizar cerca de 900 atendimentos.  Todas as medidas que estão sendo adotadas na unidade visam um melhor atendimento para a população.

"Estamos vivenciando de perto os problemas do hospital, visitando todos os setores, conversando com os profissionais de saúde e com a população. Nosso objetivo é oferecer uma saúde com qualidade para que o paciente tenha dignidade no atendimento", disse Alexandra Codeço.


Matéria: Alexandra Oliveira 

0 comentários:

- |