Pular para o conteúdo principal

Eventos são um sucesso e Arraial do Cabo comemora 34 anos de emancipação em grande estilo


Foram 4 dias de comemorações com uma estrutura incrível e shows inesquecíveis! Arraial do Cabo teve uma festa de 34 anos de emancipação político administrativa à altura que sua população merece, com atrações para todos os gostos e todo uma organização montada especialmente para que o público ficasse confortável e pudesse aproveitar o que de melhor aconteceu nas areias da Praia Grande. 

No primeiro dia das festividades, sexta- feira (10), tanto o show da Banda Íntimos do Pai, quanto o da cantora gospel Gabriela Rocha estavam lotados. Muitos fiéis vieram de toda a Região dos Lagos para prestigiar o evento e dar um show com as luzes dos celulares. Além da noite de louvor, uma oração com diversos líderes religiosos do município foi ministrada no palco, abrindo as comemorações. 

No sábado (11), foi a vez do Rock n' Roll agitar a noite dos presentes no evento. Começando com o grande representante da música local, Léo Barreto, O Nome do Rock, que com sua guitarra e voz inconfundíveis, juntamente com sua banda, relembrou clássicos com a qualidade de sempre para começar o segundo dia de evento. Depois, a Banda Blitz demonstrou que continua afiada e não deixou ninguém parado num show de músicas que atravessaram gerações e continuam ecoando nos ouvidos e corações das pessoas. Pra encerrar o sábado, o também cabista Léo Parazi chegou com o seu Sertanejo e pôs todo mundo pra dançar com o ritmo que vem dominando as paradas de sucesso.

No dia das mães, domingo (12), o show foi todo especial. Um dos maiores grupos de samba e pagode nacional, Raça Negra, cumpriu com toda a expectativa em torno da apresentação deles e literalmente deram um show pra multidão presente. Com o repertório repleto de sucessos, todos os presentes puderam presenciar e desfrutar de um espetáculo grandioso proposto pela banda.

E encerrando as festividades, no dia do aniversário de Arraial do Cabo, nesta segunda-feira (13), o cantor Mumuzinho comandou uma praia completamente lotada, que cantou e dançou do início ao fim da apresentação, que contou com sucessos atuais e grandes clássicos do nosso pagode. O carisma do cantor também deu um brilho todo especial ao momento que marcava os 34 anos do aniversário de emancipação político administrativa de Arraial do Cabo. 

Nos 4 dias de evento, cerca de 100 mil pessoas compareceram à Praia Grande, com ápice para os dois últimos dias, quando em torno de 40 mil pessoas estiveram presentes aos shows do Raça Negra e Mumuzinho. O local contou com banheiros químicos em todos os pontos da praia, e uma estrutura que ofereceu comodidade para que todos pudessem participar das comemorações da melhor forma. Arraial do Cabo viveu dias inesquecíveis, o que não podia ser diferente, pois a cidade e sua população merecem, por se tratar de uma data tão especial. 
ASCOM/PMAC 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLUNA BANZO

 O ESTADISTA A de história de Cabo Frio  marcada por grandes embates políticos, desde os primórdios tempos Liras e Jagunços davam o tom beligerante que forjaria a história de nossa terra amada. Essa cultura pelo contraditório e pela polarização causaram eisentraves políticos etu atrasaram em muito o desenvolvimento de Cabo Frio, que foi salva pela sua vocação turística e pelos royalties do petróleo. Testemunhei no fim do século passado, mais precisamente no fim dos anos 90, inesquecíveis embates políticos-filosóficos entre os então vereadores Jânio de Mendes e Amaury Valério. Esses embates recebiam "a partes" dos saudosos Acyr Rocha e Ayrres Bessa, e eram testemunhados e por muitas vezes corroborados por Antônio Carlos Trindade e Silas Bento. O nível dos embates eram altíssimos e caminhávamos para a formação de "Estadistas", políticos que despontaríam Estadual e Nacionalmente, potencializando o nome de Cabo Frio. Infelizmente isto não se repetiu nas legislaturas sub

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

Lei Aldir Blanc

Nesta segunda-feira (30), no Espaço Cultural Zanine, começou a entrega dos documentos exigidos e de assinaturas para os artistas habilitados para Lei Aldir Blanc, conforme publicado no Boletim Oficial nº 1.140, dos dias 26 de novembro a 27 de novembro de 2020. Esta etapa acontecerá de segunda a quarta-feira das 9h às 16h. Os artistas que tiverem suas inscrições não habilitadas poderão apresentar o recurso na mesma data e local. Após a quarta-feira (02/12), o Grupo Gestor da Lei Aldir Blanc fará a análise dos documentos e sairá a homologação para o recebimento do recurso destinado ao Inciso 2 da Lei nº 14.017, mais conhecida como Lei Aldir Blanc. Esta lei prevê auxílio financeiro ao setor cultural. A iniciativa busca apoiar profissionais da área que sofreram com os impactos das medidas de distanciamento social por causa da COVID-19. A legislação ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao escritor e compósitos que morreu em maio, vitima do novo coronavírus.