Pular para o conteúdo principal

Presidente da Câmara diz que Legislativo vai destinar R$ 200 mil mensais para cestas básicas em Cabo Frio


O presidente da Câmara Municipal de Cabo Frio, Luis Geraldo Simas (Republicanos), disse que o Poder Legislativo vai destinar R$ 200 mil mensais de seu orçamento para a compra de cestas básicas a serem entregues para a população carente do município, por meio da Secretaria de Assistência Social. Depois de uma reunião fechada no plenário com colegas da Casa, na manhã desta segunda (30), Luis Geraldo comentou, em entrevista na TV Litoral News, que a questão está decidida, mas que estuda uma forma de concretizá-la, junto ao corpo jurídico da Câmara e ao prefeito Adriano Moreno (DEM).
– Num período como esse, muita gente vai precisar comer, vai precisar se vestir e a gente precisa ajudar as pessoas. A gente já tem a decisão tomada, só quer achar a forma que a gente vai executar isso – antecipou Luis Geraldo.
Outro ponto definido na reunião é que a partir desta quinta-feira (2), às 10h, as sessões legislativas serão retomadas, mas sem a presença de público, para não contrariar os decretos estadual e municipal que impedem a aglomeração de pessoas em ambiente fechado. A partir da semana que vem, as sessões serão realizadas presencialmente uma vez por semana, às terças, no mesmo horário.  
A retomada dos trabalhos após duas semanas de recesso por causa da quarentena terá como prioridade discussões e votações exclusivamente voltadas para o combate ao coronavírus. De acordo com Luis Geraldo, para evitar longas discussões, as pautas serão discutidas previamente nos grupos de vereadores, para chegue ao plenário em consenso para a votação.
– Todas as ações serão conjuntas. A gente vai tomar algumas medidas para dar um pontapé inicial, através de decretos, ou através de legislações que sejam projetos e indicações para ajudar o município nesse momento. A gente entendeu que as sessões fossem presenciais, sem a presença da assistência, até para não ir contra a lei que proíbe aglomerações. Também me comprometi a não colocar nenhuma matéria conflitante, matéria que precise ouvir os sindicatos, que precise ouvir os segmentos. Tudo que for votado aqui será diretamente relacionado ao problema que a gente vive no mundo inteiro – declarou Luis Geraldo.
O chefe do Legislativo complementou dizendo que as matérias apresentadas neste momento deverão ser iniciativas coletivas e não individuais. Além da destinação orçamentária, outras proposições já discutidas, a serem definidas após reunião das Comissões, estão a possível criação de decretos legislativos para suspender todas as licitações do município, a proibição de trabalho por parte de profissionais de saúde com mais de 60 anos e a criação de uma comissão especial de crise.
 – Foi um ponto de partida para que a gente pudesse dar início á contribuição que a Câmara precisa dar a população. A gente entende que a precisamos estar numa sessão presencial porque os como representantes precisamos estar na linha de frente – disse Luis Geraldo.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

  O LOBO EM PELE DE CHACAL!   “TSE defere candidatura e José Bonifácio tomará posse como Prefeito de Cabo Frio” “Em decisão monocrática o Ministro Alexandre de Moraes deferiu o recurso de José Bonifácio” Na sexta-feira (18/12) por volta das 18:00 horas as manchetes acima surpreenderam alguns incautos cabofrienses, e deixaram duas sérias indagações no ar: - O que motivou o Ministro Alexandre de Moraes, relator do processo, a evitar o julgamento pelo colegiado do Tribunal Superior Eleitoral? - A séria motivação impeditiva deixou de existir apenas duas horas depois de iniciado o “recesso” do tribunal?   Bem... o editorial do Blog Cartão Vermelho não possui todas as respostas, porém, cumprindo sua principal missão de trazer luz aos fatos, assinala agora a ação vil, perdulária e principalmente venal que acometeu a defesa do Sr. José Bonifácio.   Os advogados que patrocinaram a causa de Zezinho, fazem parte de uma bancada respeitadíssima nacionalmente, é uma das mais cara

Lei Aldir Blanc

Nesta segunda-feira (30), no Espaço Cultural Zanine, começou a entrega dos documentos exigidos e de assinaturas para os artistas habilitados para Lei Aldir Blanc, conforme publicado no Boletim Oficial nº 1.140, dos dias 26 de novembro a 27 de novembro de 2020. Esta etapa acontecerá de segunda a quarta-feira das 9h às 16h. Os artistas que tiverem suas inscrições não habilitadas poderão apresentar o recurso na mesma data e local. Após a quarta-feira (02/12), o Grupo Gestor da Lei Aldir Blanc fará a análise dos documentos e sairá a homologação para o recebimento do recurso destinado ao Inciso 2 da Lei nº 14.017, mais conhecida como Lei Aldir Blanc. Esta lei prevê auxílio financeiro ao setor cultural. A iniciativa busca apoiar profissionais da área que sofreram com os impactos das medidas de distanciamento social por causa da COVID-19. A legislação ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao escritor e compósitos que morreu em maio, vitima do novo coronavírus.