LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

terça-feira, 4 de junho de 2013

O Boi é Bom, mas a verdade é ainda melhor. Por Cláudio Duarte



A partir de hoje o blog Cartão Vermelho dará espaço GRATUITO a mais um colunista que passa a integrar a família Cartão Vermelho é o empresário Claudio Duarte proprietário da Boi Bom Carnes LTDA (empresa verdadeira, não o fake cabo-friense).

Claudio Duarte orientará o empresariado sobre precauções e cuidados a serem tomados na gestão de negócios, cautelas com participações e sociedades, e principalmente combate a fraudes.

O que torna a nova coluna imperdível não é apenas a vasta experiência empresarial de Claudio Duarte, e sim os seus testemunhais sobre o nacionalmente famoso “ESCÂNDALO BOIBOM” utilizados para exemplificar suas orientações.

É incrível a riqueza de dados e a farta documentação comprobatória de sua narrativa. Cabo Frio vai tremer! A sociedade estarrecida vai refletir sobre os reflexos da sonegação de impostos, corrupção e tráfico de influência impactando o seu dia a dia.  
 
DO ALARANJAMENTO DE EMPRESAS - Por Claudio Duarte


Prática usual e nem sempre detectada a tempo pelos órgãos de fiscalização, inúmeros empresários inescrupulosos seguem orientações de “especialistas em sonegação fiscal”, utilizando-se de sócios laranja para assumirem a responsabilidade pelos débitos fiscais provenientes da atividade empresarial.

Nem se dão conta, muito menos se importam, se tais pessoas, em sua maioria funcionários humildes, viverão para o resto de suas vidas respondendo a diversas ações fiscais e criminais, mesmo sem terem experimentados os lucros expressivos da atividade empresarial.

No ESCÂNDALO BOI BOM, por exemplo, alguns funcionários já sofrem esse revés, como é o caso da Sra. Eluana Pereira Terra de Castro e do Sr. Miguel Lopes Filho, sócios laranja da extinta Mindouro Comercial de Alimentos Ltda.,  autuada pela Receita Federal em nada mais nada menos do que R$ 22 milhões de Reais.

Em outro caso, envolvendo mais uma empresa composta por sócios laranja, M. J. Lagos Distribuidora de Alimentos Ltda., sucessora da Mindouro, os Srs. Carlos Jorge da Silva Francisco e Manoel Gonçalves Costa Moreira, respondem a uma ação fiscal federal/estadual de R$ 35 milhões de Reais.

O volume sonegado R$ 67 milhões de reais, somente em duas empresas desta organização criminosa, resume os riscos a que estão expostas essas pessoas, totalmente reféns de seu algoz, Hugo Cecílio de Carvalho, o real beneficiário de toda a sonegação fiscal.

Usaram também um processo de alaranjamento ainda mais engenhoso, através de laranjas profissionais residentes em outros municípios que recebiam determinadas quantias para tudo assinarem, ou até mesmo com a presença de sócios que sequer existiam. 

Enquanto isso o verdadeiro sonegador continua degustando os prazeres mais caros, vestindo pura seda, bons carros de luxo, perfumes importados tudo isto as custa do sofrimento alheio.   

“Especialistas” a parte, o bom mesmo é que existem no mercado exímio profissional, aqueles que orientam o verdadeiro empresário a optar por um planejamento tributário, que embora mais trabalhoso, compensa pela tranquilidade, atributo essencial aos homens de negócio e de bem, sem ter que submeter pessoas humildes a tais desumanidades (Processos, Prisões, Cobranças, Bloqueios de Contas, Penhoras, etc.).

Pensem nisto!!!

0 comentários:

- |