Pular para o conteúdo principal

Festival Sabores de Cabo Frio apresenta pratos participantes da edição 2020

Costela bovina prensada com melaço e queijo coalho faz parte de ingredientes do prato "Trem Cuscustela" que participa do Festival Sabores de Cabo Frio — Foto: Divulgação/Festival Sabores de Cabo Frio

O festival gastronômico "Sabores de Cabo Frio" deste ano será realizado entre os dias 4 de setembro e 4 de outubro. Nesta terça-feira (25), o festival divulgou os pratos criados exclusivamente para o evento pelos cerca de 50 estabelecimentos participantes.

O tema desta 6ª edição é "Temperos do Brasil" e promete reunir pratos com características de diferentes partes do país.

Nesta edição, além de participar presencialmente nos restaurantes, seguindo as medidas de prevenção contra o coronavírus, o cliente também poderá participar pedindo por delivery.

A cada pedido realizado por um aplicativo de entregas regional, a empresa de entregas vai doar 1 kg de alimento para o abrigo para idosos Lar da Cidinha, que fica em Cabo Frio.

Na região o aplicativo funciona em Cabo Frio por meio de uma franquia e pode ser baixado para dispositivos com Android e iOS.

Filé de vermelho em cama de risoto de limão e molho de camarão compõe o prato "Enseada" que faz parte do Festival Sabores de Cabo Frio — Foto: Divulgação/Festival Sabores de Cabo Frio

De acordo com a organização, o festival segue o exemplo das edições anteriores, com os estabelecimentos apresentando receitas criadas ou recriadas exclusivamente para o evento, servidas a preços fixos.

As entradas e os petiscos custam R$ 30; os pratos principais, R$ 45; e as sobremesas, R$ 15. As porções serão servidas no tamanho individual dos restaurantes.

Para evitar alta rotatividade e grande circulação de pessoas nos ambientes, e considerando que os estabelecimentos estão funcionando com 50% da sua capacidade como medida de prevenção à Covid-19, a versão "petit" (de até 200 gramas) não estará disponível nesta edição.

Temperos do Brasil

Prato do Festival Sabores de Cabo Frio, "Mineirim do Dom" tem picanha suína ao molho de bacon e pimenta, arroz de abacaxi, couve crispy e salada de quiabo — Foto: Divulgação/Festival Sabores de Cabo Frio

O tema da edição se inspira em uma temática perfeita para aguçar os sentidos: "Temperos do Brasil".

Entre os pratos principais, está uma criação que faz referência à cozinha brasileira ao apresentar pescado regional em crosta crocante de fubá.

Ingredientes inspirados em Minas Gerais, que é um dos principais emissores de turistas para a região, chamam a atenção em diversos pratos.

As criações ficam em cartaz nos estabelecimentos participantes durante todo o período do festival, sendo servidas de acordo com o horário de funcionamento dos restaurantes e respeitando a capacidade limitada atualmente.

Sorvete finlandês é uma das opções de sobremesa do Festival Sabores de Cabo Frio — Foto: Divulgação/Festival Sabores de Cabo Frio

Uma revista virtual com informações como descritivo dos pratos, endereços e horários de funcionamento dos estabelecimentos pode ser baixada no celular pelo site do festival; através de um QR Code disponível em displays nos restaurantes participantes ou em totens no Shopping Park Lagos.

O Festival Sabores de Cabo Frio é uma realização da Associação de Hotéis de Cabo Frio, Cabo Frio Convention & Visitors Bureau e o Sebrae. A Tropic Produções é a empresa produtora do evento.

Atividades proibidas por conta da pandemia

A prefeitura da cidade de Cabo Frio ainda não liberou o acesso aos parques e às praias. Restaurantes e comércio funcionam com limitações de espaço e horário. A hospedagem em pousadas e hotéis está liberada, com restrições e seguindo os decretos Municipal e Estadual. O uso de máscara é obrigatório nos espaços públicos.

Fonte: g1.globo.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

 O ESTADISTA A de história de Cabo Frio  marcada por grandes embates políticos, desde os primórdios tempos Liras e Jagunços davam o tom beligerante que forjaria a história de nossa terra amada. Essa cultura pelo contraditório e pela polarização causaram eisentraves políticos etu atrasaram em muito o desenvolvimento de Cabo Frio, que foi salva pela sua vocação turística e pelos royalties do petróleo. Testemunhei no fim do século passado, mais precisamente no fim dos anos 90, inesquecíveis embates políticos-filosóficos entre os então vereadores Jânio de Mendes e Amaury Valério. Esses embates recebiam "a partes" dos saudosos Acyr Rocha e Ayrres Bessa, e eram testemunhados e por muitas vezes corroborados por Antônio Carlos Trindade e Silas Bento. O nível dos embates eram altíssimos e caminhávamos para a formação de "Estadistas", políticos que despontaríam Estadual e Nacionalmente, potencializando o nome de Cabo Frio. Infelizmente isto não se repetiu nas legislaturas sub

Lei Aldir Blanc

Nesta segunda-feira (30), no Espaço Cultural Zanine, começou a entrega dos documentos exigidos e de assinaturas para os artistas habilitados para Lei Aldir Blanc, conforme publicado no Boletim Oficial nº 1.140, dos dias 26 de novembro a 27 de novembro de 2020. Esta etapa acontecerá de segunda a quarta-feira das 9h às 16h. Os artistas que tiverem suas inscrições não habilitadas poderão apresentar o recurso na mesma data e local. Após a quarta-feira (02/12), o Grupo Gestor da Lei Aldir Blanc fará a análise dos documentos e sairá a homologação para o recebimento do recurso destinado ao Inciso 2 da Lei nº 14.017, mais conhecida como Lei Aldir Blanc. Esta lei prevê auxílio financeiro ao setor cultural. A iniciativa busca apoiar profissionais da área que sofreram com os impactos das medidas de distanciamento social por causa da COVID-19. A legislação ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao escritor e compósitos que morreu em maio, vitima do novo coronavírus.