Pular para o conteúdo principal

Prefeitura de Cabo Frio adequa indicadores do Plano de Controle e Ação (PCA) para monitoramento do novo coronavírus



Diante do avanço da contaminação do novo coronavírus no município e pela falta de conscientização da população em atender as medidas para coibir a propagação da doença, a Prefeitura de Cabo Frio reestruturou os indicadores do o Plano de Controle e Ação (PCA). Com base no Parágrafo Único do Decreto nº 6.265, de 5 de junho de 2020, que diz que “os pesos e bases poderão ser modificados, excluídos, reduzidos ou ampliados, diante de evidências científicas que recomendem a sua atualização ou aperfeiçoamento.”
De acordo com o índice PCA, nos últimos 15 dias, foi registrado um aumento de 40,3% dos casos confirmados de coronavírus e 11 óbitos foram confirmados.
A base de cálculo para composição do índice tem o valor de saturação da rede (VSR) com peso 60. Isso propõe espelhar o número de leitos (Intensivos e Convencionais) efetivamente disponíveis e representar frente ao universo total atribuindo um escalonamento diferenciado. Já a evolução epidemiológica (EVEP) terá peso 25 e o valor referencial de óbitos (VRO) terá peso 15. A soma desses indicadores resulta no Índice Geral de Controle (IGC).
Com base nos valores do IGC (numa escala de 0 a 100), serão estabelecidas as Zonas Cromáticas de Segurança, nas quais organizam as possibilidades de adoção de medidas de isolamento, restrição, contingência e flexibilização de modo controlável e observável quanto a sua evolução, com capacidade preditiva para adoção antecipada de medidas.
Na Zona Vermelha o IGC deve estar entre 91 e 100, na Faixa de Transição o IGC deve estar entre 81 e 90. Já na Zona Laranja o IGC deve estar entre 51 e 80, na Zona Amarela o IGC entre 31 e 50 e na Zona Verde o IGC entre 0 e 30.
O novo Decreto 6.278 foi assinado nesta segunda-feira (22) pelo prefeito, Dr. Adriano Moreno, e revoga o Decreto nº 6.265, de 5 de junho de 2020.
“Há pouco mais de três meses a pandemia do novo coronavírus alterou a rotina da população em todo mundo. Atento a evolução do vírus, a Prefeitura de Cabo Frio saiu a frente na Região dos Lagos, instituindo o Gabinete de Gestão de Crise, que analisa diariamente o avanço da doença no município e, com base nos dados, decreta medidas para garantir a saúde e o atendimento do cabo-friense” disse o prefeito Dr. Adriano Moreno.
O descumprimento de qualquer das normas previstas do PCA, quando promulgadas por Decreto, será considerado infração e importará na aplicação das seguintes penas, sem prejuízo das demais sanções civis e administrativas cabíveis:
I – Penas previstas para crimes previstos nos arts. 268 e 330 do Código Penal;
II – Advertência, apreensão, inutilização e/ou interdição do produto, suspensão de venda ou fabricação do produto, interdição parcial ou total do estabelecimento, cancelamento da licença sanitária, proibição de propaganda, imposição de mensagem retificadora, suspensão de propaganda e publicidade e/ou multa, conforme art. 74 da Lei Complementar nº 28, de 20 de janeiro de 2017, que institui o Código Sanitário do Município de Cabo Frio.
III – A Administração Municipal poderá cassar o alvará de localização e funcionamento dos estabelecimentos comerciais, industriais e de prestação de serviços que forem reincidentes no descumprimento.
“Nenhuma medida é mais importante que a conscientização da população que deve evitar aglomerações, permanecer em casa e respeitar as determinações do decreto que visam coibir a disseminação do novo coronavírus. O combate ao vírus é responsabilidade de cada cidadão”, conclui Dr. Adriano Moreno.
As informações sobre cada Zona Cromática podem ser acessadas clicando aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLUNA BANZO

 O ESTADISTA A de história de Cabo Frio  marcada por grandes embates políticos, desde os primórdios tempos Liras e Jagunços davam o tom beligerante que forjaria a história de nossa terra amada. Essa cultura pelo contraditório e pela polarização causaram eisentraves políticos etu atrasaram em muito o desenvolvimento de Cabo Frio, que foi salva pela sua vocação turística e pelos royalties do petróleo. Testemunhei no fim do século passado, mais precisamente no fim dos anos 90, inesquecíveis embates políticos-filosóficos entre os então vereadores Jânio de Mendes e Amaury Valério. Esses embates recebiam "a partes" dos saudosos Acyr Rocha e Ayrres Bessa, e eram testemunhados e por muitas vezes corroborados por Antônio Carlos Trindade e Silas Bento. O nível dos embates eram altíssimos e caminhávamos para a formação de "Estadistas", políticos que despontaríam Estadual e Nacionalmente, potencializando o nome de Cabo Frio. Infelizmente isto não se repetiu nas legislaturas sub

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

  O LOBO EM PELE DE CHACAL!   “TSE defere candidatura e José Bonifácio tomará posse como Prefeito de Cabo Frio” “Em decisão monocrática o Ministro Alexandre de Moraes deferiu o recurso de José Bonifácio” Na sexta-feira (18/12) por volta das 18:00 horas as manchetes acima surpreenderam alguns incautos cabofrienses, e deixaram duas sérias indagações no ar: - O que motivou o Ministro Alexandre de Moraes, relator do processo, a evitar o julgamento pelo colegiado do Tribunal Superior Eleitoral? - A séria motivação impeditiva deixou de existir apenas duas horas depois de iniciado o “recesso” do tribunal?   Bem... o editorial do Blog Cartão Vermelho não possui todas as respostas, porém, cumprindo sua principal missão de trazer luz aos fatos, assinala agora a ação vil, perdulária e principalmente venal que acometeu a defesa do Sr. José Bonifácio.   Os advogados que patrocinaram a causa de Zezinho, fazem parte de uma bancada respeitadíssima nacionalmente, é uma das mais cara