LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

quinta-feira, 6 de agosto de 2020

Respiradores emprestados pela Prefeitura do Rio a Cabo Frio podem ser devolvidos


No fim do mês passado, a notícia de que os municípios de Cabo Frio e Arraial do Cabo receberam dez respiradores cada um, doados pela Prefeitura do Rio de Janeiro foi recebida com entusiasmo, mas menos de duas semanas depois, a ‘benfeitoria’ se transformou em desilusão. Isso porque nenhum dos equipamentos enviados para a rede de Saúde cabofriense está em condições de uso para pacientes com Covid-19. No caso de Arraial, metade dos equipamentos veio com defeito. 

A Prefeitura de Cabo Frio confirmou a informação e explicou que apenas dois dos equipamentos enviados pelo governo carioca tinham condições de ser usados para ajudar no tratamento de pacientes com quadro severo do novo coronavírus, mas isso não foi possível por falta de peças, como válvula respiratória. Os oito equipamentos restantes, que seriam utilizados no tratamento de outras doenças, também tiveram a utilização descartada, pois vieram sem outra peça, chamada sensor de fluxo.

De acordo com a Prefeitura, o município vai verificar se a Prefeitura do Rio tem as peças que faltam para colocar os equipamentos para funcionar e, caso não tenha, eles serão devolvidos. O prefeito Adriano Moreno (DEM) afirmou que não poderá custear o conserto dos equipamentos, que terão que ser devolvidos após a pandemia, diferentemente do que foi anunciado na época da cessão dos equipamentos. Na ocasião, ambas as Prefeituras informaram que os respiradores haviam sido doados.

Sem poder usar os equipamentos, a rede de Saúde de Cabo Frio conta atualmente com 47 respiradores, sendo 37 de propriedade do município. Três deles foram doados pelo SUS há pouco mais de um mês. Outras dez unidades foram alugadas em decorrência da pandemia.

Por sua vez, Arraial do Cabo deu um pouco mais de ‘sorte’ do que o município vizinho, pois cinco dos dez respiradores enviados pelo prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) vieram com defeito. Em nota, o governo cabista informou que o prefeito Renatinho Vianna (Republicanos) vai pedir a troca dos respiradores defeituosos por outros que estejam funcionando. Segundo a Prefeitura, até que seja feita a troca, o município ficará com 14 respiradores, somados os nove que já tinham na rede e os cedidos por Crivella.

Questionada sobre o assunto, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirma que não recebeu nenhuma informação sobre qualquer problema com os equipamentos cedidos. Sobre a cessão dos equipamentos, a secretaria disse que  recebeu o ofício com o pedido das cidades de Arraial do Cabo e Cabo Frio, pelo período de pandemia, que é feita após processo administrativo, que passa por uma avaliação  técnica da SMS e é submetida a análise jurídica da Procuradoria, com a posterior autorização do prefeito Marcelo Crivella.

De acordo com a nota, a Prefeitura do Rio cedeu 522 equipamentos  para 25 municípios fluminenses para ajudar no atendimento às vítimas de Covid e essas cidades e também o Hospital Pedro Ernesto, que é da rede estadual, conseguiram abrir 271 leitos de UTI para tratamento da doença.

Fonte: folhadoslagos.com

0 comentários:

- |