LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Marquinho tem registro de candidatura rejeitado pela Justiça Eleitoral em Cabo Frio


 O candidato a prefeito de Cabo Frio Marquinho Mendes (MDB) teve o registro de candidatura rejeitado pela Justiça Eleitoral em primeira instância. A decisão significa que ele não pode concorrer nas eleições do próximo dia 15 de novembro, mas cabe recurso. A sentença foi divulgada neste sábado (24).

 

Marquinho teve uma nova condenação por crime eleitoral proferida em 2020, o que o torna inelegível até 2023. Há alguns meses, Marquinho chegou a anunciar que apoiaria o sobrinho, Aquiles Barreto, como candidato a prefeito. Mas voltou atrás, retirou o apoio e anunciou que seria candidato, mesmo com a condenação. Depois disso, Aquiles anunciou apoio a José Bonifácio (PDT).

 

Na eleição de 2016, Marquinho conseguiu concorrer mesmo impugnado, após entrar com um recurso. Ele foi o mais votado naquela campanha, e chegou a assumir a prefeitura em 2017, mas em 2018 teve o mandato cassado, o que deu origem a uma nova eleição. O atual prefeito, Adriano Moreno (DEM), foi eleito naquela votação suplementar. 

 

Marquinho é o único candidato a prefeito de Cabo Frio com registro negado pela Justiça até agora.

 

Atualização: A Coligação Juntos Pela Reconstrução MDB - PMB emitiu uma nota oficial. Confira: 

 

"Recebemos com tranquilidade a decisão do juiz eleitoral de Cabo Frio em não deferir o registro de candidatura do nosso candidato à prefeitura, Marcos da Rocha Mendes. 

 

Fatos como este, acontecem em todo o Brasil. Da decisão cabe recurso e as medidas judiciais já estão sendo providenciadas. Estamos confiantes e certos de que iremos obter êxito."

Fonte: folhadoslagos.com

0 comentários:

- |