Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Politicando Eleições 2014 – Carolina Corrêa (PT)




Devido a pré-candidaturas que foram “mais ou menos” lançada iremos a partir de hoje (09/01) ter 3 avaliações extras, e começamos por ordem alfabética com Carolina Corrêa (PT).

Lembrando que essa é uma análise fria e tanto faz ser o avaliado amigo ou adversário político. No “Politicando 2014” estamos analisando uma série de fatores que vão influenciar a capacidade do pré-candidato a ser tornar de fato candidato, quantos votos serão necessários para que ele se eleja e quais são suas chances reais de atingir esses votos.

Ainda faltam ser analisado: Fernando do Comilão (PSDB) e Rose de Aires (PT do B).

Nas colunas anteriores avaliamos:

1 - Alfredo Gonçalves (PV): Clique AQUI para ler.
2 - Aquiles Barreto (SDD): Clique AQUI para ler.
3 - Bernardo Ariston (PR): Clique AQUI para ler.
4 - Carlos Victor (PSB): Clique AQUI para ler.
5 - Cláudio Leitão (PSOL): Clique AQUI para ler.
6 - Emanoel Fernandes (PROS): Clique AQUI para ler.
7 - Janío Mendes (PDT): Clique AQUI para ler.
8 - Paulo Henrique Corrêa (PR): Clique AQUI para ler.
9 - Silas Bento (PSDB): Clique AQUI para ler.
10 - Dr. Taylor (PRB): Clique AQUI para ler.


Politicando Eleições 2014 – Carolina Corrêa (PT)

História política: Carolina Corrêa não tem uma história política, jamais foi candidata a qualquer cargo eletivo. Hoje Carolina Corrêa ocupa o cargo de Secretária de Assistência Social.

No entanto é preciso dizer que: Carolina Corrêa é filha do último grande político da Região dos Lagos, Alair Corrêa (PP), e isso substitui qualquer falta de história política, já que Alair com um mandato de prefeito na mão elegeria até um poste deputado, para isso basta ele querer.

Carisma: Carolina Corrêa ultrapassa a palavra carismática, “Carol” como é carinhosamente chamada por seus amigos é um doce, um ser humano diferenciado, meigo, calmo e que transmite paz, no campo político Carolina Corrêa não tem nenhum desgaste, o que facilita qualquer candidatura.

Capacidade financeira ou de arrecadar patrocínio de campanha: Sozinha Carolina Corrêa não saberia nem por onde começar uma campanha desse porte, e dificilmente saberia como arrecadar financiamento. Novamente Carolina emperra na total dependência política de seu pai.

Legenda (quantos votos precisa para ser eleito): O PT deve eleger deputado estadual em torno de 30 mil votos.

Capacidade de atingir essa legenda: Carolina Corrêa não existe sozinha no universo da política, se for começar uma carreira sozinha não seria esse cargo o ideal, deveria começar como candidata a vereadora em 2016.

No entanto, se seu pai (Alair) quiser Carolina Corrêa tem capacidade de atingir de 50 a 60 mil votos com certa facilidade, e se Alair se dedicar com vontade Carolina passa da casa dos 80 mil votos para deputada estadual.

Mas, e a vida tem sempre um mas...

Mas Alair Corrêa tem deixado bem claro que não quer se envolver na disputa eleitoral de deputado, chegou inclusive a cobrar que seu filho Marcello Corrêa (PP) cumprisse sua palavra com Dr. Taylor (PRB) e não fosse candidato a deputado estadual.

Seria estranho que Alair Corrêa preterisse seu filho Marcello em favor de Carolina Corrêa, se fosse para Alair entrar nesse jogo político a lógica é que apoiasse seu filho que já é vereador pelo segundo mandato consecutivo.

Outro ponto que torna praticamente impossível de Carolina Corrêa ser candidata de Alair é o partido que está filiada o “PT” que tem como pré-candidato a governador Lindbergh Farias, dificilmente Alair Corrêa deixará de subir no palanque de seu amigo, aliado e pré-candidato a governador Antony Garotinho (PR) para ingressar em outra campanha, ou permitir que sua filha esteja em outro palanque que não seja o dele.

Probabilidade de seguir com a pré-candidatura até a eleição: Carolina Corrêa se quiser será candidata pelo PT, mas é praticamente nula a chance de seu pai (Alair) apoiar essa candidatura.

Conclusão: Carolina Corrêa (PT) é um ser humano incrível, e está se saindo muito bem a frente da Secretaria de Assistência Social, onde conseguiu muitos avanços sociais, demonstrou nessa administração destreza e capacidade de comando.

Carolina tem capacidade de construir uma carreira solo, mas não para deputada estadual, se seu pai, Alair Corrêa, quisesse “Carol” seria eleita com facilidade, mas todos os fatores nos levam a crer que isso hoje é impossível, sozinha Carolina Corrêa não tem a mínima chance de se eleger.

0 comentários:

- |