Pular para o conteúdo principal

Prefeitura de Cabo Frio cria sistema de bandeiras para monitoramento do novo coronavírus e organiza retomada da economia

A Prefeitura de Cabo Frio elaborou um sistema de bandeiras para monitoramento de contaminação do novo coronavírus e, com base nisso, organiza a retomada da economia do município. O Plano de Controle e Ação contém protocolos obrigatórios e critérios específicos de evolução epidemiológica a serem seguidos pelos diferentes setores econômicos.

A estratégia é uma forma de garantir as atividades econômicas em meio à pandemia do Covid-19 por meio da divisão do estado em quatro níveis de restrições. Eles são representados por bandeiras nas cores verde, amarela, laranja e vermelha, que variam conforme a propagação da doença e a capacidade do sistema de saúde e determinam restrições diferentes para cada nível de perigo. As atividades poderão ser reavaliadas e reposicionadas conforme surgirem novos estudos e evidências.
“É importante lembrar que as atividades liberadas de acordo com as etapas devem ter um tempo de maturação e observação dos seus efeitos, ou seja, estar em uma zona não implica abertura completa de todos os setores citados, ao mesmo tempo. As normas e recomendações específicas de distanciamento, higienização e reorganização do espaço físico constarão em decreto específico e as pessoas devem seguir essas recomendações”, explicou Dr. Adriano Moreno, prefeito de Cabo Frio.

Como funciona

Conforme o grau de risco em saúde, o município é classificado em uma das cores da bandeira. O monitoramento é diário, assim como a atualização das bandeiras. Os protocolos obrigatórios devem ser respeitados em todas as bandeiras. Além disso, cada setor econômico tem critérios específicos que variam de acordo com a bandeira.

Critérios

O município será analisado considerando a velocidade de propagação da Covid-19 e a capacidade de atendimento do sistema de saúde. No total, três indicadores determinam a classificação das bandeiras que são:

– Saturação da rede de saúde por unidade de atendimento (leitos UTI e Congêneres e leitos Convencionais)
– Evolução das curvas de casos (suspeitos/confirmados, descartados e curados).
– Evolução da curva de óbitos.
A todos esses fatores já são aplicadas margens de subnotificação.

O que as bandeiras indicam

Zona Verde – Risco baixo

O município está com alta capacidade do sistema de saúde e baixa propagação da doença. Nesta classificação, ficam determinadas as seguintes ações:
•             Suspensão das barreiras sanitárias.
•             Autorização para eventos, festas, reuniões, comícios, assembleias e congêneres. Abertura das orlas e reativação das atividades econômicas e dos equipamentos e serviços turísticos.
•             Cinemas e teatros com funcionamento com capacidade total e respeito às normas de higienização e uso de EPIs.
•             Bares, restaurantes, casas de festas e boates poderão funcionar com a sua capacidade total, desde que observadas as normas de higienização e uso de EPIs.
•             Uso obrigatório de máscara pela população e incentivo ao distanciamento social, home office e isolamento vertical dos grupos de maior risco ou vulnerabilidade.

Zona Amarela – Risco médio

O município está com média capacidade do sistema de saúde e baixa propagação do vírus ou alta capacidade do sistema de saúde e média propagação do vírus. Nesta classificação, ficam determinadas as seguintes ações:
•             Abertura de cinemas, teatros, templos religiosos, casas de festas e boates com capacidade reduzida em 50% e observando os critérios de distanciamento, higienização, controle de temperatura e uso de EPIs.
•             Abertura de academias, escolinhas desportivas e instituições de ensino com a observância dos critérios de distanciamento, higienização, controle de temperatura e uso de EPIs.
•             Abertura para as hospedagens de turismo de lazer.
•             Manutenção da proibição de ônibus de fretamento e similares na cidade.
•             Liberação das atividades de esportes ao ar livre e suas respectivas equipes e escolas, desde que observadas as recomendações de higienização e uso de EPIs.
•             Liberação dos barcos de passeio, atividades de mergulho e transporte recreativo (trenzinho), desde que observados os critérios de redução de carga, distanciamento e higienização.
•             Bares e restaurantes poderão aumentar a capacidade de atendimento para 70% desde que mantido o distanciamento de dois metros entre as mesas e as medidas de higienização e uso de EPIs
•             Uso obrigatório de máscara pela população e incentivo ao distanciamento social, home office e isolamento vertical dos grupos de maior risco ou vulnerabilidade.
•             Pode-se optar por liberação de uso da orla e reativação e equipamentos e serviços turísticos.

Zona Laranja – Risco alto

O município está com baixa capacidade do sistema de saúde e média propagação do vírus ou média/alta capacidade do sistema de saúde, porém alta propagação do vírus. Nesta classificação, ficam determinadas as seguintes ações:
•             Reabertura do comércio varejista em geral, (aqui incluídos os salões de beleza e barbearias) com restrições de circulação interna, uso obrigatório de EPIs por funcionários e consumidores e cumprimento de protocolos de higienização.
•             Funcionamento dos shoppings centers com controle de acesso e restrição a capacidade de carga, plano de manejo e reorganização do espaço, controle de temperatura nos acessos e replicação das medidas sanitárias e distanciamento para as lojas. Cinemas e espaços recreativos permanecem fechados.
•             Funcionamento das galerias e prédios comerciais obedecendo aos critérios de lotação, higienização, distanciamento social. Estendendo-se a setores administrativos de instituições privadas de ensino e escritórios de profissionais liberais e clínicas de estética.
•             Funcionamento das obras da construção civil e lojas de material de construção, com as restrições de espaço, distanciamento social e higienização.
•             Funcionamento de oficinas mecânicas, cicles e congêneres com a observância dos critérios de isolamento e higienização.
•             Funcionamento dos bares e restaurantes com no máximo 50% da sua capacidade total considerando a observância das normas de higienização, distanciamento espacial de dois metros entre os jogos de mesa e uso de EPIs por funcionários e clientes exceto nas situações de consumo.
•             Funcionamento das bancas de jornais com atendimento de um cliente por vez e observando as medidas de higienização e distanciamento social.
•             Funcionamento dos meios de hospedagem para o atendimento ao setor de offshore, prestadores de serviços para a área de saúde e clientes corporativos.
•             Suspensão da barreira sanitária apenas para veículos particulares, mantendo-se a restrição para ônibus de fretamento e similares.
•             Liberação dos aquatáxis para transporte de moradores, com redução de capacidade e adoção das medidas de proteção e higiene.
•             Uso obrigatório de máscara pela população e incentivo ao distanciamento social, home office e isolamento vertical dos grupos de maior risco ou vulnerabilidade.

Zona Vermelha – Risco altíssimo

O município está com baixa capacidade do sistema de saúde e alta propagação do vírus ou baixa/média capacidade do sistema de saúde, porém alta propagação do vírus. Nesta classificação, ficam determinadas seguintes ações:
•             Barreira sanitária com proibição de entrada de ônibus de fretamento e congêneres bem como veículos particulares (exceto os de residentes e os que exercem atividade laboral na cidade).
•             Permissão de funcionamento com atendimento ao público com restrições espaciais e profiláticas apenas dos serviços essenciais de abastecimento alimentar, água, gás, farmácias e drogarias, postos de combustíveis, clínicas médicas, agências bancárias e lotéricas. u Comércio varejista e setor gastronômico operando apenas nas modalidades delivery, drive thru e take away.
•             Meios de hospedagem autorizados apenas a receber clientes offshore ou prestadores de serviços essenciais para a área de saúde.
•             Isolamento social acentuado e uso obrigatório de máscaras.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

 O ESTADISTA A de história de Cabo Frio  marcada por grandes embates políticos, desde os primórdios tempos Liras e Jagunços davam o tom beligerante que forjaria a história de nossa terra amada. Essa cultura pelo contraditório e pela polarização causaram eisentraves políticos etu atrasaram em muito o desenvolvimento de Cabo Frio, que foi salva pela sua vocação turística e pelos royalties do petróleo. Testemunhei no fim do século passado, mais precisamente no fim dos anos 90, inesquecíveis embates políticos-filosóficos entre os então vereadores Jânio de Mendes e Amaury Valério. Esses embates recebiam "a partes" dos saudosos Acyr Rocha e Ayrres Bessa, e eram testemunhados e por muitas vezes corroborados por Antônio Carlos Trindade e Silas Bento. O nível dos embates eram altíssimos e caminhávamos para a formação de "Estadistas", políticos que despontaríam Estadual e Nacionalmente, potencializando o nome de Cabo Frio. Infelizmente isto não se repetiu nas legislaturas sub

Lei Aldir Blanc

Nesta segunda-feira (30), no Espaço Cultural Zanine, começou a entrega dos documentos exigidos e de assinaturas para os artistas habilitados para Lei Aldir Blanc, conforme publicado no Boletim Oficial nº 1.140, dos dias 26 de novembro a 27 de novembro de 2020. Esta etapa acontecerá de segunda a quarta-feira das 9h às 16h. Os artistas que tiverem suas inscrições não habilitadas poderão apresentar o recurso na mesma data e local. Após a quarta-feira (02/12), o Grupo Gestor da Lei Aldir Blanc fará a análise dos documentos e sairá a homologação para o recebimento do recurso destinado ao Inciso 2 da Lei nº 14.017, mais conhecida como Lei Aldir Blanc. Esta lei prevê auxílio financeiro ao setor cultural. A iniciativa busca apoiar profissionais da área que sofreram com os impactos das medidas de distanciamento social por causa da COVID-19. A legislação ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao escritor e compósitos que morreu em maio, vitima do novo coronavírus.