LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

sexta-feira, 1 de maio de 2020

Prefeitura de Cabo Frio distribui cestas básicas, kits de higiene e leite para famílias em vulnerabilidade social


A Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e da Mulher (Sedesdim), já atendeu mais de mil famílias em vulnerabilidade social com cestas básicas. Foram distribuídos ainda kits de higiene e leite. Ação foi reforçada devido a pandemia de COVID-19.
As 1.058 cestas básicas, 100 kits de higiene e 74 kits de leite foram distribuídas nos bairros Manoel Correa, Jacaré, Botafogo e para os Quilombos Preto Forro, Maria Romana, Maria Joaquina, famílias PAIF do CRAS Central e residentes na área rural do Araçá, Angelim e Pacheco.
As famílias beneficiadas preencheram um formulário socioeconômico disponibilizado no site da Prefeitura para cadastramento na Secretaria, que passou por análise para verificação de renda, duplicidade de CPF e localidade. Após o preenchimento do formulário e cruzamento de dados, servidores da Sedesdin entram em contato com o beneficiado informando a aprovação e a data da entrega. O cadastro estará disponível até o dia 4 de maio neste link.
Não há necessidade de deslocamento à sede da pasta ou ao Centro de Referência em Assistência Social (Cras) e ao Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas). Quem tiver dúvidas sobre o preenchimento do cadastro pode ligar para os números 22 3199-9932 ou 22 3199-9934 para esclarecimentos.
De acordo com o secretário de Governo, Matheus Mônica, as famílias devem aguardar o contato da equipe de Assistência Social.
“Estamos atuando para minimizar os impactos da pandemia ajudando as famílias carentes nos gastos básicos, como alimentação, durante o surto da COVID-19. Os cadastrados devem aguardar o contato da Assistência Social que informará sobre a próxima distribuição”, explicou o secretário.


0 comentários:

- |