Pular para o conteúdo principal

CPI DO HOSPITAL DA MULHER DE CABO FRIO APROVA RELATÓRIO FINAL COM 138 RECOMENDAÇÕES E 11 PROJETOS DE LEI


 Após seis meses de trabalho, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) - que investiga mortes de recém-nascidos no Hospital da Mulher de Cabo Frio - aprovou, por unanimidade, na tarde desta quinta-feira (31/10), seu relatório final. O documento traz 138 recomendações para órgãos municipais, estaduais e federais, e propõe 11 projetos de lei, entre eles a criação de uma política de combate à violência obstétrica. Relatora da CPI, a deputada Enfermeira Rejane (PCdoB) ressaltou a importância do relatório desenvolvido pelo grupo e disse que o trabalho repercute em outras unidades de saúde.

 

"O documento aponta a falta de insumos e medicamentos no hospital, assim como a falta de médicos, enfermeiros e equipamentos de necessidade básica", informou a parlamentar. Segundo a deputada, isso demonstra irresponsabilidade dos gestores. "Quando os responsáveis pelos hospitais ignoram o que acontece dentro desses locais, o resultado é esse, é morte. Por isso também enviamos às Polícias Civil e Federal a recomendação para que os gestores do hospital sejam investigados", disse Enfermeira Rejane.

 

A CPI também recomenda a criação de uma ouvidoria na unidade hospitalar de Cabo Frio, além da ampliação de leitos e do número de profissionais de saúde no atendimento aos pacientes. Só neste ano, 20 nascituros e recém-nascidos morreram na unidade de saúde.

 

Para a Presidente da CPI, deputada Renata Souza (PSol), é urgente a criação de um Programa estadual de combate à violência obstétrica. "Com o que foi apurado durante o trabalho da comissão vimos que é importante aprimorar toda a rede de saúde de atendimento à mulher. No caso do Hospital de Cabo Frio, que foi o foco do nosso trabalho, direitos básicos das parturientes foram desrespeitados", ressaltou.

 

A deputada adiantou que os projetos serão apresentados coletivamente pelos parlamentares que compuseram a CPI e que a proposta da criação de um Grupo de Trabalho para Prevenção da Violência Obstétrica no Estado terá integrantes apontados pelas comissões de Direitos das Mulheres, de Saúde, e de Direitos Humanos da Alerj. "Após a composição do GT, a proposta prevê também a criação de um serviço de ouvidoria", informou a deputada.

 

O documento será enviado ainda aos Conselhos Regional e Federal de Medicina e Enfermagem, além dos Tribunais de Contas do Estado e da União. Votaram favoravelmente ao relatório os deputados Dr. Serginho, (PSL), Martha Rocha (PDT), Renan Ferreirinha (PSB), Max Lemos (MDB) e Subtenente Bernardo (PROS).

Fonte: alerj.rj.gov.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entrevista com o Presidente do PMDB de Arraial do Cabo

O Blog Cartão Vermelho teve a oportunidade de entrevistar o Presidente do PMDB de Arraial do Cabo, Davison Cardoso (Deivinho), onde abordamos o crescimento do partido na cidade, a reeleição do Prefeito Andinho (PMDB), e sobre a bancada na Câmara Municipal de Arraial e suas votações, claro principalmente sobre as últimas e polêmicas votações do vereador Renatinho Vianna (PMDB). Blog Cartão Vermelho - Qual o quadro atual do PMDB em Arraial do Cabo? Deivinho - O quadro atual é excelente, reelegemos o Prefeito Andinho com uma votação maciça. Andinho é detentor de um desempenho histórico e nossa bancada na Câmara Municipal goza deste prestígio por conta de também ter sido eleita com uma votação expressiva. Blog Cartão Vermelho - Mas os noticiários dão conta que a situação do Vereador Renatinho Vianna dentro do partido seria insustentável devido ao voto favorável a Abertura de uma CPI proposta na Câmara, isso é verdade? Deivinho - O vereador Ren

SÁBADO É DIA DE REUNIÃO DE PAIS E RESPONSÁVEIS NA TURMA DO SÍTIO.

Tudo está sendo preparado com muito carinho pela equipe da Turma do Sítio. Afinal, neste sábado , dia 26 de março, os pais e responsáveis das 350 crianças e jovens que participam do projeto em São Jacinto, na área rural de Cabo Frio, têm um encontro marcado: a reunião para conversar sobre as atividades do projeto e como os alunos estão se dedicando à proposta pedagógica. -“Estamos organizando uma tarde muito especial, queremos ouvir as sugestões da comunidade e aprimorarmos cada vez mais o nosso trabalho”, disse a gerente de projetos, Vânia Fialho. Neste sábado, os pais e responsáveis também vão poder participar de palestras sobre higiene pessoal e higiene de alimentos. Profissionais foram convidados para dar algumas dicas e ajudar na melhoria da qualidade de vida na comunidade. A nutricionista Olívia Novellino confirmou presença. A direção da Turma do Sítio está preparando kits de higiene pessoal e doméstica para sortear na reunião. A clínica odontológica Ortho

COROAÇÃO DO MISS E MISTER SÃO PEDRO DA ALDEIA 2020 TERÁ TRANSMISSÃO ONLINE NO DIA 19 DE SETEMBRO

  Após meses de atividades paralisadas devido à pandemia do coronavírus, a terceira edição do concurso de Miss e Mister São Pedro da Aldeia está retornando em novo formato. Para garantir a segurança dos participantes, o evento de coroação este ano terá entrada limitada de pessoas e uso obrigatório de máscara, além de transmissão ao vivo pelo  Instagram da empresa organizadora, o Miss Oficial . Cerca de 70 candidatos aldeenses se inscreveram e participaram das seletivas do concurso de beleza municipal, que vai coroar um mister e nove misses (divididas por faixa etária), selecionados em júri virtual.   A secretária adjunta de Cultura, Edlúcia Marques, enfatizou o apoio dado ao projeto pelo terceiro ano consecutivo. “Já estamos na terceira edição do concurso de Miss e Mister São Pedro da Aldeia e estamos muito felizes em apoiar esse projeto grandioso, que há anos vem formando novos talentos e abrindo as portas para as nossas meninas e meninos no universo artístico. É um trabalho que e