Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Banzo – Por Marcos Chaves.




MILITÂNCIA VERSUS PANIS ET CIRCENSES

A cidade de Cabo Frio serve como parâmetro para a aferição do nível e da qualidade de militância existente em  nosso país. Os últimos três pleitos eleitorais municipais dão conta que os partidos políticos enfraqueceram suas siglas, definitivamente “falindo” os seus quadros de militância. Os votos migraram de sigla após sigla aos fórceps das oligarquias e lideranças que captam “cabo eleitorais” como verdadeiros profissionais no sufrágio de votos, invalidando assim todo o processo democrático.

Ser militante na atualidade se resume a intermediar assistências sociais a troco de cargos e favores pessoais, que não representam nenhum ganho real para a sociedade e nem ao menos a representa nas interferências necessárias  a progressão de sua qualidade de vida.

Numa análise profunda constata-se a existência de um “complexo” de favelas além ponte Feliciano Sodré, iniciando no Jacaré, que emenda na Boca do Mato, que emenda Monte Alegre, que emenda Vila do Ar, que emenda Morro do Limão, que emenda Valão, que emenda Jardim Peró, que emenda Bosque do Peró, que emenda finalmente com o Tangará. Antecipo possíveis contestações a denominação “favela” que excluindo o saneamento básico todas as outras características desqualificam os “bairros” acima citados: evasão escolar, nível de escolaridade, mortalidade infantil, crimes/assassinatos e renda per capita.

Desponta então uma antiga forma de militância que considero eficaz diante da problemática de áreas com risco social: a militância comunitária. Destaco então a jornada da UNIAMACAF sob o direcionamento do abnegado Bené que em seu trabalho perseverante alcança uma agenda positiva para a cidade.

Para por fim a política do “pão e circo” que atravessa gestões e gerações em nosso país, acredito ainda na militância, e acredito ainda mais na militância comunitária. Fique atento em Cabo Frio surge uma nova força, uma nova vertente atuante e pragmática. Afro-Comunidade PEN-51. Vem com a gente! PEN 51 – O partido da Sustentabilidade

0 comentários:

- |