Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Coluna da Menina de Ouro, Vânia Carvalho




Cobrança Justa

Tenho visto muita gente reclamar da ineficiência do governo, gente impaciente que mal sabe como funciona uma administração pública. Muitos exigem providências imediatas na construção de obras, porém se quer sabem que no poder público as coisas funcionam conforme manda a burocracia. Abertura de processos, licitações, aprovações de órgãos específicos, tudo isso torna moroso o andamento das coisas.

Fora quando tudo escapa ao executivo municipal e as definições são decididas pelas esferas superiores como o estado e a federação.

Muitas vezes a longa demora para resoluções que precisariam ser rapidamente atendidas, não é culpa do governo Alair, muitas vezes como na saúde por ex. a liberação de certos equipamentos e medicamentos, precisam da aprovação dos órgãos do estado e aí a cobrança deveria ser feita ao representante do legislativo, afinal é ele que tem que cobrar do governador ou dos responsáveis diretos que muitas vezes atrasam ou mesmo negam o benefício.

Porém muita gente não sabe disso e ainda é manipulada pela mídia oposicionista que joga no colo do prefeito todos os problemas  cuja solução eles sabem não ser da alçada do município, todavia pressionar o deputado estadual ninguém quer, afinal sendo tão amiguinho do governador era ele que deveria estar apanhando pela ausência ou indiferença por tudo aquilo que diz respeito a sua função. Aliás falando nisso vocês sabem a função de um deputado estadual? Pois eu direi:

Compete aos deputados estaduais a função de legislar, no campo das competências legislativas do Estado, definidas pela Constituição Federal, inclusive podendo propor, emendar, alterar, revogar e derrogar lei estaduais, tanto ordinárias como complementares, elaborar e emendar a Constituição estadual, julgar anualmente as contas prestadas pelo Governador do Estado, criar Comissões Parlamentares de Inquérito, além de outras competências estabelecidas na Constituição Federal e na Constituição Estadual.

Ou seja, se a competência de um deputado estadual é julgar tudo isso, então quando houver falhas , demora, desvio de verbas, ou mesmo má vontade por parte do governo do estado em solucionar problemas que só cabem a ele resolver, lembre-se que em nossa cidade temos um representante que deveria cobrar as soluções cabíveis para todos os sofrimentos que nossa população passar. È só lembrar que o nome dele começa com J e ele tem o mesmo sobrenome de um ex-prefeito que também pouco se importava com o povo. Está fácil agora não está? E cuidado ele quer voltar pra Alerj e continuar com a mesma omissão, vocês vão deixar?

0 comentários:

- |